Unidade de Saúde de Tibiriçá será reformada e ampliada

  • Lucca Willians

Na tarde desta quarta-feira (20), o Secretário de Saúde, assessores e responsáveis técnicos visitaram o Núcleo de Saúde Dr Dolirio Sandim, no Distrito de Tibiriçá para alinhamento do projeto de revitalização, reforma e ampliação do local. O projeto está em fase de adequação dos materiais e estrutura, com previsão de início das obras no segundo semestre deste ano.

Além da revitalização da estrutura interna e externa, a unidade será ampliada e receberá salas de curativo, de expurgo, esterilização, sala de desinfecção, salão de inalação, dois banheiros acessíveis, além de uma dispensa de medicamentos, Depósito de Materiais de Limpeza, copa aos funcionários e uma segunda sala de espera climatizada.

Segundo a subprefeita de Tibiriçá, Dulcineia Cosmo Leizico esta reforma é um sonho de muito tempo dos moradores. “Quando este posto de saúde foi construído, a população era menor, hoje aumentou. Tem mais de 5 mil pacientes nesta unidade e do jeito que está o posto de saúde, não tem condições. Então é de muita importância para nós moradores e usuários”, ressalta.

Para que seja possível a realização da obra, o atendimento ao público será feito provisoriamente no Centro Rural de Tibiriçá, localizado ao lado da unidade. O local foi revitalizado em fevereiro, com o objetivo de servir como espaço local de lazer à população. Agora, passará por readequação de salas e acessibilidade para servir como referência de saúde temporária até a finalização da obra da Unidade de Saúde. A previsão de deslocamento das instalações é de até começo de julho.

O Secretário de Saúde Sérgio Henrique Antônio, relata que irá se empenhar ao máximo para dar condições de trabalho adequadas aos servidores do Núcleo de Saúde de Tibiriçá. “O ambiente que eles estão trabalhando hoje é restrito e necessita de uma melhora. Melhorando as condições de trabalho do servidor, consequentemente se melhora o atendimento ao usuário. A Secretaria jogará todas as fichas e se empenhará ao máximo, mesmo com a luta do Covid-19”, finaliza.