Secretaria de Saúde divulga nota de esclarecimento sobre pesquisa Ibope

  • Lucca Willians

Na última quinta-feira (14), a Secretaria Municipal de Saúde recebeu  denúncias de moradores que estariam sendo abordados por pessoas pela empresa Ibope a fim de serem testadas para coronavirose.

A equipe de vigilância sanitária municipal foi acionada e após vistoria ao local constatou que tratavam-se de entrevistadores que estariam realizando uma pesquisa intitulada “A evolução da prevalência de infecção de Covid-19 no Brasil”. Os mesmos, segundo informações colhidas, foram contratados pela Universidade Federal de Pelotas num estudo financiado pelo Ministério da Saúde.

Verificou-se também que nenhum dos trabalhadores contratados eram da área da saúde e que os resíduos de saúde seriam destinados às unidades de saúde sem o devido consentimento e anuência oficial da secretaria. Outras irregularidades também foram verificadas como o uso inadequado de EPIs e manipulação de resíduos infectantes.

A Secretaria Municipal de Saúde solicitou em reunião com os envolvidos que solicitassem oficialmente a realização da pesquisa para que fosse avaliada e devidamente aprovada, a fim de evitarmos riscos junto a população.

A Secretaria apoia toda pesquisa que envolva maior conhecimento sobre a doença, desde que não incorra em riscos tanto para os trabalhadores quanto para a população envolvida.

A empresa Ibope poderá trabalhar desde que dentro das normas legais e de segurança exigidas em reunião na data de ontem.