Comissões Especiais de Inquérito da Câmara farão novas oitivas

  • Lucca Willians

A da Cohab se reúne nesta sexta-feira, às 10h30, e espera, pela segunda vez, o depoimento do ex-diretor financeiro da empresa; já a da Estação de Tratamento de Esgoto pode ouvir até oito pessoas na terça-feira, a partir das 14h

As Comissões Especiais de Inquérito (CEIs) em andamento na Câmara de Bauru promovem novas rodadas de oitivas.

Seguindo recomendações de decretos estadual e municipais, os depoentes participação por videoconferência, já que o acesso ao prédio do Poder Legislativo está restrito a servidores, parlamentares e, para coberturas de atividades no Plenário, equipes de jornalismo.

Para esta sexta-feira (19), a partir das 10h30, o colegiado que apura irregularidades na gestão da Cohab espera o depoimento do ex-diretor financeiro do órgão Paulo Gobbi.

Ele deixou o cargo após ter sido deflagrada, em dezembro do ano passado, a operação do Ministério Público denominada "João de Barro".

A CEI da Cohab já havia convidado o ex-dirigente a prestar esclarecimentos, mas Paulo não compareceu.

Como ele não mais possui vínculos funcionais com a companhia, a comissão não tem prerrogativa para convocá-lo.

Na última quarta-feira (17/06), o presidente da comissão, vereador Natalino da Silva (PV), reiterou o pedido com a relação dos conselheiros da Cohab para que eventualmente possam ser ouvidos sobre os fatos relacionados aos objetos da apuração na Câmara Municipal.

Outras solicitações foram reforçadas à direção da empresa: cópia dos comprovantes dos saques financeiros solicitados por Edison Bastos Gasparini Júnior, durante todo o período em que o mesmo esteve à frente da presidência do órgão; relação de todos os pagamentos contabilizados a título de seguro dos mutuários, compreendidos entre 1998 até a presente data; e cópias das declarações de bens e valores entregues à companhia por Gasparini, Paulo Gobbi, Marcelo Nascimento Alba, Miriam Renata de Castro Navarro e Thayná Maximiano Salcedo.

A CEI solicitou ainda informações detalhadas a respeito da transação de um imóvel, mencionado em documentação disponibilizada ao colegiado, dado como pagamento pelo órgão para quitar um título.

Também são membros da comissão os parlamentares Sandro Bussola (PSD), Edvaldo Minhano (Cidadania), Luiz Carlos Barbosa (Republicanos) e Ricardo Cabelo (Republicanos).

ETE Vargem Limpa

Já a CEI que apura responsabilidades sobre problemas na contratação, no projeto da obra da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE Vargem Limpa) faz sua próxima reunião na terça-feira (23/06), a partir das 14h.

Há a expectativa de que sejam ouvidas pessoas que integraram ou que ainda fazem parte do Comitê Gestor da ETE: o engenheiro Elinton Silva; o presidente da Emdurb, Elizeu Eclair; a engenheira aposentada do DAE Nucimar Paes; e a ex-coordenadora de convênios da Prefeitura Sílvia de Deus.

As duas últimas, por não mais possuírem vínculos com a administração municipal, serão convidadas, bem como a ex-vice-prefeita Estela Almagro.

A procuradora jurídica Adriane Brunhari, que acompanha os processos relativos à ETE no DAE, foi convocada, bem como o presidente do Conselho Fiscalizador do Fundo Municipal de Tratamento de Esgoto, Paulo Braga.

Pela quarta vez, a CEI vai convidar a Arcadis Logos a contribuir com os trabalhos. Em nenhuma das outras três ocasiões a empresa enviou representantes.

A comissão é presidida pelo vereador Mané Losila (MDB). São membros: Coronel Meira (PSL), Chiara Ranieri (DEM), Yasmim Nascimento (PSDB) e Edvaldo Minhano (Cidadania).

O último é o relator das duas CEIs em curso no Legislativo de Bauru.

Programação das oitivas

  • Elinton Eduardo Lopes da Silva (convocação) - 14h15
  • Elizeu Eclair Teixeira Borges (convocação) - 14h45
  • Adriane de Oliveira Brunhari (convocação) - 15h15
  • Paulo Braga (convocação) - 15h45
  • Nucimar Dolores Borro Paes (convite) - 16h15
  • Silvia Regina da Silva Batista de Deus (convite) - 16h45
  • Estela Alexandre Almagro (convite) - 17h15
  • Arcadis Logos S/A (convidada) - 17h45