Prefeitura recebe protetores faciais de parceria com SENAI e UNESP

  • Lucca Willians

Nesta terça-feira (07), a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Saúde,  recebeu 60 protetores faciais de parceria firmada entre o município, o Serviço Nacional Aprendizagem Industrial - Senai e o Laboratório de Ergonomia e Interfaces - LEI da Unesp de Bauru. A confecção dos equipamentos foi uma iniciativa professores e alunos  da Universidade, visando suprimir a demanda dos profissionais de saúde por EPI’s,  devido à pandemia de Covid-19.

O secretário de saúde, Sérgio Henrique Antônio, ressaltou a importância da preocupação  de outros setores sociais e da contribuição das universidades para toda rede de saúde, pois “toda a ajuda neste momento é essencial para a luta contra a pandemia. São equipamentos de alta qualidade e resistência que podem salvar duas vidas, a do profissional de saúde e da pessoa infectada com o Covid. Por isso que a gente diz proteja quem protege”, concluiu o Secretário.

O diferencial no modelo desenvolvido pelas entidades possui uma aba ligada à cabeça que impede que salivas e demais secreções do paciente entrem em contato, pela parte superior, com os servidores. O que proporciona maior segurança aos profissionais que estarão na linha de frente no cuidado de pacientes com coronavírus. Os protetores faciais foram produzidos com os materiais poliestireno, PVC cristal, fita dupla face VHB, e elástico.

O professor Luís Carlos Paschoarelli, do Departamento de Design da Unesp Bauru, explica que a união com o Senai foi importante para o desenvolvimento do projeto, possibilitando maior agilidade na produção dos protetores faciais. Para a criação do equipamento, funcionários da rede pública realizaram testes sob orientação do médico Paulo Pepulim, diretor do Departamento de Emergência do Município.

O diretor do Senai de Bauru, Ademir Redondo, destaca a importância do envolvimento de professores e alunos da entidade e avalia que a escola está formando mão de obra que hoje tem que ser humanitária. “Não basta a pessoa ser um bom profissional, ela tem que enxergar também as necessidades do ser humano. Neste momento de pandemia, nada mais justo do que a gente aproveitar o conhecimento, a experiência e transformar tudo isso em algo que vem pra ajudar, neste caso, o pessoal que está linha de frente, os profissionais da saúde”, enfatizou.

Secretaria de Saúde solicita impressoras 3D

Os responsáveis pela parceria da Unesp e do Senai possuem um projeto de outro modelo de protetor facial, o "Ergonomics 3D", que é produzido por meio de impressão 3D.  Mas para que ele se torne viável, é necessário a sensibilização da comunidade maker de Bauru (pessoas físicas que tenham uma impressora 3D) para ajudá-los neste novo avanço.

A Secretaria de Saúde solicita às pessoas que se disponibilizarem a ajudar e tiverem o equipamento, entrem em contato com o professor Luís Carlos Paschoarelli pelos telefones (14) 3103-6143  / (14) 99793-6217. Segundo Paschoarelli, a versão da impressora  3D é mais resistente, porém demanda um tempo maior de fabricação. Se várias pessoas simultaneamente ajudarem a produzir o material, será possível que protetores faciais neste modelo sejam disponibilizados para uso dos funcionários da rede municipal de saúde.

Além do secretário de Saúde Sérgio Henrique Antônio, participaram da solenidade de entrega dos protetores faciais, os diretores da SMS, Mário Ramos (Divisão de Vigilância Sanitária), Paulo Pepulin (Departamento de Urgência e Emergência) e Guilherme Trípoli ( Samu Regional).