Agudos tem o primeiro caso positivo de coronavírus

  • Welinton Barros

Segundo a prefeitura, o paciente é um homem de 76 anos que está na UTI do hospital da Unimed - Imagem: Hospital Unimed Bauru

O prefeito de Agudos Altair Francisco Silva (REP), informou nesta quarta-feira (1) em live feita no Facebook, a confirmação do primeiro caso positivo para o coronavírus (COVID-19) no município. Outro paciente é um médico que aguarda contraprova do instituo Adolfo Lutz, mas que já teria testado positivo em primeira amostra colhida.

Segundo publicação do jornal O Guarani, o resultado do exame positivado foi informado nesta quarta. O paciente é um homem de 76 anos que está na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital da Unimed em Bauru. Ainda segundo o município, o teste teria sido feito por um laboratório de Belo Horizonte que é credenciado pelo Ministério da Saúde.

O boletim epidemiológico da prefeitura, atualizou o número de casos no município. Até o momento, são oito casos suspeitos, um caso confirmado e um negativado.

O município informou também que além do caso confirmado, há monitoramento de outras duas pacientes, que estão internadas no Hospital Estadual em Bauru. Uma mulher está na Unidade de Terapia Intensiva  e outra foi transferida na noite desta quarta-feira, necessitando de oxigênio. As idades não foram informadas.

Médico testou positivo, mas aguarda contraprova

Na terça-feira (31), familiares de um médico ginecologista da cidade – a identidade será preservada -, publicaram nas redes sociais que exame feito pelo profissional havia testado positivo. A amostra foi colhida por clínica não credenciada ao Ministério da Saúde, mas deu positivo. O município aguarda agora a contraprova do exame realizado no dia 19 de março, que será divulgada pelo Instituto Adolfo Lutz.

"Apesar de não ser um resultado oficial, ele já informou as autoridades competentes, para que sejam tomadas as medidas necessárias", escreveu na publicação um irmão do médico.

Procurada pela reportagem da Jovem Pan News Bauru, a prefeitura enviou a seguinte nota: "Sobre a divulgação nas redes sociais de um caso suspeito, que testou positivo para Covid 19, em Agudos, a Prefeitura esclarece que a Vigilância Epidemiológica já havia enviado amostra do paciente para análise do Instituto Adolfo Lutz, referência no Estado de São Paulo para a doença. Porém, o resultado do exame ainda não foi liberado pelo Instituto. O resultado positivo divulgado hoje em rede social não é o resultado emitido pelo Lutz, por isso, a Prefeitura aguarda a chegada do resultado oficial para contabilizar o caso como sendo positivo para Covid 19".

A Prefeitura de Agudos não informou quais ações serão realizadas pela Secretaria de Saúde, uma vez que o médico atendeu pacientes na rede municipal de saúde dias antes de apresentar os sintomas do coronavírus.