DAE pede colaboração de todos para manter abastecimento de água

  • Lucca Willians

Por conta da recomendação de permanecer em casa como medida de prevenção e combate ao coronavírus, o Departamento de Água e Esgoto (DAE) de Bauru prevê o aumento do consumo de água por parte da população, e, por isso, solicita a colaboração de todos para que o abastecimento no município seja mantido de maneira regular.

Até o momento, o sistema de distribuição de água da cidade está operando com capacidade máxima. A lagoa de Captação do rio Batalha segue com seu nível máximo de 3,20 metros e as Unidades de Reservação operam com níveis adequados. Contudo, com mais pessoas em casa o uso de água aumenta. “A população está atenta e adotando hábitos essenciais de higiene pessoal e limpeza dos ambientes que implicam diretamente no aumento do consumo da água, especialmente em tempos de home office e quarentena”, explica o presidente do DAE, Eliseu Areco.

A autarquia realiza trabalhos diários para monitoramento da situação da água na cidade, com ações constantes para garantir o equilíbrio do abastecimento. Periodicamente podem ocorrer paralisações parciais no sistema para manutenções corretivas e preventivas, por isso, a recomendação é que nesses casos os moradores utilizem suas reservas domiciliares (caixas d´água) que devem ser suficientes para 24 horas de consumo.

Até o momento o DAE não trabalha com a possibilidade de restringir o uso da água, porém, para que o município não enfrente problemas no abastecimento provocados pelo aumento excessivo do consumo, é fundamental o uso racional e consciente, sem desperdícios. “Com a colaboração de todos, o DAE assegura a manutenção do abastecimento sem necessidade de grandes intervenções que geram desiquilíbrio do sistema”, comenta o presidente.

Com informações da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Bauru.