Hospitais de Bauru alteram fluxos para visitantes e acompanhantes

  • Lucca Willians

Foto: Divulgação.

Para minimizar os riscos de contaminação pelo Coronavírus (COVID-19), ampliando a segurança de pacientes, trabalhadores e sociedade em geral, os hospitais estaduais sob gestão da Famesp em Bauru aderiram novos fluxos na rotina hospitalar, com limitação na quantidade de pessoas com acesso às unidades de internação. Em razão do decreto da prefeitura de Bauru (14664/2020) e também em reforço às medidas de segurança que vem sendo estudadas e adotadas pelo Comitê Famesp Covid-19 em consonância com as diretrizes da Secretaria de Estado da Saúde, as visitas estão proibidas. No caso de acompanhantes serão garantidas as determinações legais.

Neste contexto, os hospitais também desenharam um novo fluxo para que os familiares se mantenham informados sobre o estado de saúde do paciente internado sem direito a acompanhante. Nesses casos, boletins diários poderão ser informados por telefone e nos horários das visitas médicas os especialistas estarão à disposição para conversar com familiares, também por telefone, sobre os quadros clínicos dos pacientes.

Para garantir o direito do paciente ao sigilo sobre seu estado de saúde, o Hospital de Base de Bauru, por exemplo, distribuirá senhas individuais e intransferíveis aos familiares indicados pelos pacientes para o acesso (digital ou telefônico) à informação do boletim médico. "Entendemos ser fundamental garantirmos aos familiares o direito à informação sobre a pessoa que amam e que estará internada em isolamento. Mas essa é uma medida de emergência que obedece decretos e leis que visam à saúde pública. Por isso, contamos com a colaboração de toda a sociedade civil", ressalta o médico Antonio Rugolo Jr, diretor presidente da Famesp e à frente da Coordenadoria de Assistência à Saúde da fundação que gerencia os hospitais do Estado localizados em Bauru.

Veja como ficou, até o momento.

Hospital de Base de Bauru:

• UTI
- Visitas suspensas (de acordo com decreto municipal)
- Não autorizada a entrada de acompanhantes

• Enfermarias:
- Visitas suspensas (de acordo com decreto municipal)
- Não serão permitidos acompanhantes, salvo para pacientes com 60 anos ou mais, menores de 18 anos e em caso de extrema necessidade com autorização da enfermeira responsável.

• Pacientes Confirmados ou Suspeitos COVID–19:
- Não autorizada a entrada de acompanhantes
- Visitas suspensas (de acordo com decreto municipal)

Hospital Estadual de Bauru
- Visitas suspensas (de acordo com decreto municipal)
- Acompanhantes nas unidades de internação serão permitidos nos casos que atendam o direito garantido por lei. Na ala do segundo andar (destinada ao tratamento de casos com sintomas ou suspeita de covid-19) está proibida a entrada de visitantes e de acompanhantes. Nesses casos sem acompanhantes, as equipes de Serviço Social e do Serviço de Atendimento ao Usuário informarão boletins médicos aos familiares.

Maternidade Santa Isabel

UTI Neonatal e UCI Pediátrica:
- Estão suspensas as visitas (conforme decreto municipal)
- Pai ou mãe (não simultaneamente) podem ficar como acompanhante do bebê, com troca das 8h às 9h e das 20h às 21h

Alojamento Conjunto, Centro de Parto Normal e Centro Cirúrgico:
- Pacientes internadas com suspeita ou confirmação de Covid-19 não poderão ter acompanhantes. No momento do parto, porém, conforme garantido por lei, todas as parturientes, inclusive com suspeita ou confirmação de Covid-19, terão direito a um acompanhante.

Casos excepcionais serão avaliados individualmente, levando em conta o bom senso e a garantia da segurança de todos os envolvidos: pacientes, familiares e população em geral, além da observância das leis vigentes no momento.

Com informações da Assessoria de Comunicação da FAMESP.