Peça chave do Noroeste, Pablo é o goleiro menos vazado até o momento na A3

  • Lucas Rocha

Foto: Bruno Freitas

O Noroeste tem feito ótima campanha no Campeonato Paulista Série A3. Até o momento são oito vitórias, dois empates e uma derrota, totalizando 26 pontos em 11 jogos. Muitos jogadores tem se destacado, mas Pablo chama atenção por conta de seus números impressionantes comparados aos outros goleiros da competição, até aqui o camisa 1 noroestino tomou apenas cinco gols em 11 jogos.

Pablo foi anunciado como reforço noroestino no dia 17 de dezembro. Com passagens por grandes clubes do Estado de São Paulo como Comercial, Portuguesa Santista, Mirassol e Agua Santa, além de ter feito toda sua base no São Paulo, Pablo chegou ao Noroeste via empréstimo do Apucarana Sports, clube no qual havia conquistado o acesso na terceira divisão paranaense em 2018.

Bom histórico

Pablo já havia sido por duas vezes consecutivas, em 2018 e 2019, o goleiro menos vazado da terceira divisão no Campeonato Paranaense. Em 2018 no Apucarana Sports, Pablo sofreu apenas 3 gols em 12 jogos na campanha que rendeu o vice-campeonato e acesso de sua equipe. Já no ano passado, o vice-campeonato se repetiu com o Arapongas e novamente seus números foram bons, tendo sofrido seis gols em 13 jogos.

Satisfeito com o início

Pablo não escondeu a satisfação pelo bom início de campeonato que o Noroeste vem construindo: "Estamos trabalhando muito forte e graças a Deus estamos colhendo os frutos", disse o goleiro natural de Monte Carmelo, no Estado de Minas Gerais.

Energia positiva reflete dentro de campo

Em sua segunda passagem como treinador de goleiros do Noroeste Bruno Uchôa destaca os principais pontos desse bom momento da defensiva alvirrubra até o momento: "O Pablo vem fazendo defesas incríveis que vem ajudando muito o Noroeste na competição, mas o trabalho no dia a dia é fundamental. Temos um grupo de goleiros com uma energia positiva muito grande. Pablo, Tales, Matheus e Dida, um torce pelo outro e isso acaba fazendo a diferença. Sou muito grato pela honestidade e profissionalismo que todos vem demonstrando.

Ainda sobre as características dos trabalhos diários, Uchôa explicou: "O que sempre bato na tecla é que os goleiros, pela visão do jogo que possuem ali atrás, precisam ajudar com orientações, correção de posicionamento, as vezes segurar um jogador dentro da nossa área defensiva já indicando uma válvula de escape para a nossa transição ofensiva".

Com relação a parada por conta da pandemia do COVID-19, Uchôa alertou: "Não podemos nos apegar a isso, o campeonato pode voltar a qualquer momento e precisamos estar preparados. Estou passando para eles o trabalho a ser feito em casa e vou seguir acompanhando para não perdermos o que conseguimos construir até agora", finalizou o treinador de goleiros noroestino que carrega o apelido de Uchôa, por ser natural da cidade com o mesmo nome próximo a São José do Rio Preto.

Relação de goleiros menos vazados do Campeonato Paulista Série A3 2020:

Pablo (Noroeste) - 5 gols em 11 jogos - 0.45 gols por jogo.
Maurício (EC São Bernardo) - 8 gols em 11 jogos - 0.72 gols por jogo.
Christofer (Capivariano) - 8 gols em 10 jogos - 0.80 gols por jogo.
Kaique Rocha (Comercial) - 4 gols em 5 jogos - 0.80 gols por jogo.
Thiago Moraes (Marília) - 7 gols em 8 jogos - 0.87 gols por jogo.
Filipe Costa (Velo Clube) - 10 gols em 11 jogos - 0.91 gols por jogo.
Diego Pato (Batatais) - 11 gols em 10 jogos - 1.10 gols por jogo.
Vinicius Nigri (Linense) - 9 gols em 8 jogos - 1.12 gols por jogo.
Iago Hass (Comercial) - 7 gols em 6 jogos - 1.16 gols por jogo.
Leandro Santos (Desportivo Brasil) - 13 gols em 11 jogos - 1.18 gols por jogo.
Luiz Henrique (Nacional) - 12 gols em 10 jogos - 1.20 gols por jogo.
Charles (Grêmio Osasco) - 14 gols em 11 jogos - 1.27 gols por jogo.
Cleber Alves (Primavera) - 14 gols em 11 jogos - 1.27 gols por jogo.
Ramon (Rio Preto) - 8 gols em 6 jogos - 1.33 gols por jogo.
Janilson (Olímpia) - 15 gols em 11 jogos - 1.36 gols por jogo.
Roni Turola (Rio Preto) - 7 gols em 5 jogos - 1.40 gols por jogo.
Junior Oliveira (Barretos) - 13 gols em 8 jogos - 1.62 gols por jogo.
Matheus Lopes (Paulista) - 19 gols em 11 jogos - 1.72 gols por jogo.

Foram considerados apenas os goleiros que participaram de pelo menos cinco jogos.