Governo do Estado lança condições especiais para o Banco do Povo

  • Lucca Willians

Com o objetivo de atenuar os efeitos econômicos da pandemia do Coronavírus (COVID-19), o Governo do Estado de São Paulo anunciou, nesta sexta-feira (13), que ofertará R$ 25 milhões em crédito subsidiado a micro e pequenos empreendedores via Banco do Povo com condições especiais.

A linha de microcrédito do Banco do Povo terá redução em sua taxa de juros de 1% para 0,35% ao mês. O prazo para pagamento passa de 24 para 36 meses - já incluindo o prazo de carência, que aumentou de 60 para 90 dias. Além disso, os pedidos de concessão de crédito sem avalista mudam de R$ 1 mil para R$ 3 mil.

O Banco do Povo é o programa de microcrédito produtivo desenvolvido pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, com o objetivo de promover o desenvolvimento socioeconômico e a criação de oportunidades.

Com a menor taxa de juros entre as instituições financeiras do país, o programa credita valores para capital de giro e investimento fixo, como a aquisição de mercadorias em geral, matérias-primas, máquinas, ferramentas, equipamentos, veículos e até mesmo itens para publicidade e divulgação do empreendimento.

O Banco, que, em Bauru, funciona por meio do apoio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Renda (Sedecon), financia micros e pequenos negócios formais (MEIs, MEs, LTDAs e EIRELIs) e também microempreendedores urbanos e rurais, inclusive os do setor informal. As linhas de crédito vão de R$ 200 até R$ 20 mil.

Essas condições serão válidas até o dia 30 de abril, podendo ter seu limite prorrogado. Os interessados devem procurar o posto de atendimento do Banco do Povo no Poupatempo de Bauru, na Rua Inconfidência, quadra 04.

Para mais informações, a Sedecon pode ser consultada pelo telefone (14) 3227-7819.

Com informações da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Bauru.