Bauru tem três casos suspeitos de coronavírus

  • Wellinton Barros

A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Bauru convocou uma coletiva de imprensa na tarde desta sexta-feira, 13, para informar sobre as medidas que estão sendo tomadas pelo Poder Público em relação ao novo coronavírus. O Brasil já confirmou até o momento 151 casos da doença, mas Bauru - apesar de suspeitas -, não tem casos positivos do vírus.

Segundo o Secretário de Saúde em exercício Sérgio Henrique Antônio, o município contabiliza até o momento 3 casos suspeitos de coronavírus. São homens de 34, 41 e 45 anos, com histórico de viagem recente aos Estados Unidos. Eles foram atendidos por serviço particular de saúde. Até o momento, 7 casos suspeitos foram descartados em Bauru.

"Os casos estão totalmente controlados. Esperamos a negativa dos exames para poder liberá-los do isolamento social", explicou Sérgio. Segundo o secretário, todos os casos suspeitos foram atendidos e pessoas que tiveram contato com os pacientes também estão sendo monitoradas. O resultado dos exames, geralmente são liberados após 72 horas.

Plano de contingência

Apesar de afirmar que em Bauru "não há motivo para pânico", o Secretário de Saúde informou que sua pasta está em prontidão caso haja a necessidade de atendimento específico e emergencial para potenciais pacientes portadores do vírus. "Estamos em estado de alerta na secretaria, preparados para uma epidemia, caso ela aconteça", afirmou.

O Plano de Contingência apresentado pela secretaria na coletiva, abrange diversas ações de orientação e prevenção. A Vigilância Epidemiológica fará o monitoramento de casos; haverá suporte laboratorial com fluxo de encaminhamento de exames para o Instituto Adolfo Lutz; assistência médica nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e nas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento), além de ações de orientação e controle. A secretaria informou também que fará a divulgação de boletins diários atualizados informando sobre a existência de casos e o monitoramento feito pela secretaria no município. A prefeitura informou ainda que que realizou capacitação de 300 profissionais (médicos e enfermeiros) das redes pública e privada de saúde. Outros 122 profissionais de educação, também foram capacitados no município para oferecer orientação a alunos da rede municipal, estadual e particular de ensino.

"É momento de tranquilizar a população", diz Gazzetta

O prefeito de Bauru Clodoaldo Gazzetta (PSDB), participou da coletiva e disse que é necessário tranquilizar a população em relação ao coronavírus no município. Ele reforçou que a prefeitura está pronta para oferecer atendimento aos pacientes que apresentarem sintomas.

"É uma mensagem para que as pessoas possam ter a consciência de que hoje o mundo inteiro atravessa uma epidemia como essa. O estado de atenção que Bauru está neste momento, é o estado de todas as cidades do Brasil, do planeta. Estamos vivendo uma pandemia, é ainda uma doença de pouco conhecimento pela parte médica, e todos nós temos que apresentar medidas preventivas", disse o prefeito Gazzetta.

"Caso aparecer algum paciente com o coronavírus, o encaminhamento será dado nas instâncias de saúde do município. Mais do que qualquer outra coisa é não causar pânico na população, não temos casos confirmados na cidade, três suspeitos apenas e nesse momento traremos medidas preventivas. Caso aconteça de a cidade ter pacientes confirmados de coronavírus, aí sim as medidas serão novamente revistas pelo grupo gestor, para só depois anunciar medidas mais efetivas. É momento de tranquilizar a população, mas ao mesmo tempo, em estado de alerta, vigilantes para que se acontecer, Bauru também possa ter suas ações preventivas e cuidar de seus pacientes", explicou Gazzetta.