Noroeste sai na frente, mas não vence em jogo equilibrado no Alfredão

  • Lucas Rocha

Na conclusão da décima rodada do Campeonato Paulista Série A-3, o líder Noroeste recebeu o Capuvariano e empatou em 1 a 1. Igor Pimenta marcou primeiro para o alvirrubro da Vila Pacífico, Douglas igualou o placar no segundo tempo em linda finalização de perna esquerda, quando o Capivariano tinha um jogador a mais em campo. O próximo jogo do Noroeste será no próximo domingo, dia 15, às 10h, contra o Olimpia, na casa do adversário.

Capivariano tem mais posse de bola, mas não consegue finalizar dentro da área noroestina

Como tem sido na maioria dos jogos neste campeonato, o Noroeste marcou em seu campo no início do jogo e permitiu que o Capivariano ficasse com a bola para no erro do adversário, conseguir contra-atacar de maneira equilibrada. Isso pouco aconteceu na primeira metade do jogo devido ao excessivo número de passes desperdiçados pelo Noroeste. Richarlyson, titular pela primeira vez no ano, também não conseguia encontrar espaço para jogar. Já aos 29 minutos do primeiro tempo, Igor Pimenta começou a jogada e acionou Fabrício pelo lado esquerdo, o atacante cortou para o meio e deu assistência açucarada para Pimenta, o meio-campista bateu forte de primeira para vencer o goleiro Airon e abrir o placar. Depois do gol o Capivariano seguiu tocando a bola na intermediaria noroestina, mas exceção feita a uma finalização de Radsley, não levou perigo a meta defendida por Pablo.

Expulsão no início do segundo tempo dificulta para o Noroeste


O Noroeste iniciou a segunda metade melhor do que havia encerrado a primeira, mais combativo e buscando tomar o controle do jogo. Vendo a necessidade de ter uma saída com mais velocidade, Luiz Carlos Martins substituiu os desgastados Richarlyson e Pedro, por John e Everton. Pouco tempo depois disso, o lateral-esquerdo Renan fez falta dura para matar contra ataque e recebeu cartão amarelo, no minuto seguinte, em lance de extrema reclamação pelos noroestinos, Renan supostamente utilizou o braço para impedir uma jogada do Capivariano pela direita e acabou tomando o segundo amarelo e como consequência disso, o vermelho. Vitor Gava entrou como lateral-esquerdo no lugar de Fabrício para corrigir a lacuna deixada pela ausência de Renan e tentar segurar as jogadas do Capivariano pelo setor. Aos 17 minutos do segundo tempo, em cobrança rapida de escanteio, o Capivariano chegou a seu gol com Douglas acertando um belíssimo chute de perna esquerda, sem chances para o goleiro Pablo. Após o gol, a partida caiu bastante tecnicamente e as boas jogadas deram lugar a muita reclamação contra a arbitragem em lances discutíveis. O placar se manteve empatado e cada equipe somou mais um ponto na tabela de classificação.

Após a partida o técnico Luiz Carlos Martins lamentou não poder vencer mais uma vez jogando em casa, mas também valorizou o ponto conquistado diante do Capivariano: "Claro que gostaríamos de ter vencido, mas a gente só dá valor no empate quando perde. Jogamos boa parte do segundo tempo com um jogador a menos e isso interferiu diretamente no que havia pensado pro jogo. Tentamos o segundo gol até o fim, mas ao mesmo tempo não dava para se descuidar defensivamente, Capivariano é um time bastante entrosado, com muitas peças do ano passado e isso faz diferença também na hora de tocar a bola. Está "tudo nos conformes", vamos trabalhar bem a próxima semana pra conseguir três pontos em Olimpia", disse o treinador.

Ainda sobre Yamada, o treinador concluiu: "Yamada teve uma leve torção no joelho lá em Porto Feliz, não foi nada grave, mas o departamento médico vetou ele para o jogonde hoje. Vamos analisar bem durante a semana também, ele é um jogador muito importante, mas também não dá pra arriscar perder ele na sequência do campeonato", finalizou Martins.

Ficha Ténica

Noroeste: Pablo, Matheus Blade, Jean Pierre, Guilherme Teixeira e Renan; Jonatas Paulista, Rogério Maranhão, Igor Pimenta (gol aos 29 do primeiro tempo), e Richarlyson (John); Fabrício (Vitor Gava) e Pedro (Everton)
Técnico: Luiz Carlos Martins

Capivariano: Airon, Dênis, Gutierrez, Arthur e Matheus Oliveira; Brendon, Alan e Felipe (Matheus Nolasco); Douglas (André), Lucas Lima (João Celeri) e Radsley.
Técnico: Ricardo Costa