Dia Internacional da Mulher marca a luta por direitos em Bauru

Movimentos feministas conquistaram direitos importantes, mas a violência de gênero ainda é realidade

O 8 de março, comemorado neste domingo, é uma data histórica e foi oficializada pela ONU em 1975. Ela marca a luta histórica das mulheres por direitos iguais numa época em que a revolução industrial e o mercado de trabalho as submetiam a jornadas de até 16 horas por dia, 6 dias na semana, com salários menores que o dos homens, sendo colocadas como "mão de obra mais barata".

A luta por melhores condições de trabalho caminhava junto com a busca pelo direito do voto, concedido pela primeira vez às mulheres em 1893, na Nova Zelândia. No Brasil, as mulheres começaram a escolher seus representantes em 1932, durante o governo de Getúlio Vargas.

A conquista de alguns direitos veio depois de muitas reivindicações dos movimentos feministas. Hoje, o maior desafio é combater a violência de gênero, refletida na violência doméstica, assédio moral e sexual e outros abusos sofridos pelas mulheres diariamente e de diferentes formas.

Rede de atendimento à mulher

É por isso que instrumentos como a Lei Maria da Penha, promulgada em agosto de 2006, fortalece o sistema de proteção e atendimento às mulheres em situação de vulnerabilidade.

Em Bauru, a rede de atendimento faz parte da Assistência Social e é responsabilidade da secretaria de Bem-Estar Social (Sebes). Os serviços contemplam a rede de proteção básica e especial e são oferecidos nos CRAS e CREAS de forma completamente gratuito para todas as mulheres residentes na cidade.

O trabalho acontece em conjunto com a Secretaria da Saúde e a Polícia Civil, por meio da Casa da Mulher e Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), que servem como porta de entrada para casos que precisam em algum nível, de suporte dos serviços municipais.

Março com programação especial

Para celebrar a importância do dia 8 de março, a Sebes organizou uma programação especial para o mês com diversas atividades focadas na mulher e na sua importância na sociedade.

Serviços de apoio à mulher em Bauru

Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência - CRM
Rua Raposo Tavares, n.º 11-35 - Vila Brunhari
(14) 3227-7533

Delegacia de Defesa da Mulher - DDM
Av. Rodrigues Alves, n.º 23-23 - Centro
(14) 3235-6500

Anexo de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher
Rua Silva Jardim, n.º 2-77 - Jardim Bela Vista
(14) 3234-2993

Casa da Mulher
Av. Nações Unidas, n.º 27-28
(14) 3234-3968