Adolescente morre após ser baleada pelo namorado em Bauru

  • Jamile Diniz

Na manhã desta terça-feira (17), uma adolescente de 15 anos faleceu após ser baleada no rosto. De acordo com o boletim de ocorrência, o crime teria sido cometido pelo namorado da jovem, na madrugada de domingo (15), no Núcleo Habitacional Fortunato Rocha Lima, em Bauru. O rapaz se apresentou voluntariamente e alegou que o tiro teria sido acidental, mas foi apreendido.

O casal estava na casa do acusado quando o irmão mais velho do jovem ouviu o som dos disparos e se deparou com a vítima baleada no chão. Na ocasião, ela ainda apresentava sinais vitais e foi levada até a UPA do Bela Vista. Entretanto, devido a seu estado crítico, foi transferida ao Hospital de Base, onde faleceu na terça-feira.

Por conta da idade da vítima e do suspeito, o crime está sendo investigado pela Delegacia da Infância e Juventude. O delegado encarregado, Eduardo Herrera dos Santos, afirma que o rapaz alegou estar fazendo uma brincadeira quando pegou a arma e disparou, pois acreditava que estava descarregada. "Ele disse que não tinha intenção de tirar a vida. Só que puxou o gatilho, então, assumiu o risco", diz Herrera. "Conforme ele afirmou até o momento, nós apuramos que eles se relacionavam há alguns meses e que ele não teria motivação relacionada a alguma situação de briga entre eles, ciúmes, nada disso. É, sem dúvida alguma, uma tragédia".

Também segundo o delegado, o garoto teria adquirido a arma após se sentir ameaçado ao entrar em uma briga. Entretanto, após o crime, o adolescente teria ficado nervoso e jogado a arma pela janela. Até o momento ela ainda não foi encontrada.

Comoção

O caso gerou comoção nas redes sociais. Moradores do Fortunato Rocha Lima, amigos e família lamentaram a morte e prestaram homenagens à vítima.

Em seu perfil no Facebook, o suspeito chegou a escrever que seria incapaz de cometer o crime; em uma discussão também registrada na rede social, a mãe do acusado fez a defesa de sua inocência e disse que tomará as providências devidas contra falsas acusações.