Vereadores aprovam Projeto de Lei para transparência sobre radares de velocidade em Bauru

  • Lucca Willians

Ao defender seu projeto, Telma Gobbi pregou a necessidade de que o caráter educativo prevaleça sobre o arrecadatório (Foto: Pedro Romualdo)

Por unanimidade, o Plenário da Câmara Municipal de Bauru aprovou Projeto de Lei da vereadora Telma Gobbi (PP) que torna obrigatória a divulgação, pela administração municipal, em site institucional, da localização, do horário de funcionamento e dos limites máximos de velocidade permitidos nos respectivos pontos de todos os radares de fiscalização de velocidade de trânsito (Processo 183/20).

Na Tribuna, ao defender a proposta, a autora explicou que seu objetivo é reforçar o caráter educativo e não arrecadatório dos equipamentos de fiscalização.

De acordo com Telma, o intuito não é revelar quais de todos os radares estão ativos ou não; mas, especialmente, dar transparência acerca daqueles que eventualmente são operados em pontos onde não ficam permanentemente instalados.

A parlamentar ponderou serem comuns frenagens bruscas nesses locais, aumentando riscos de acidentes.

Na próxima semana, o projeto de Lei deve ser apreciado em Segunda Discussão para, posteriormente, ser remetido ao Poder Executivo para sanção ou veto.