Transporte de equipamento pesado interditará vias de Bauru neste domingo (01)

  • Lucca Willians

O transporte de uma câmara hiperbárica multipacientes de 13 metros de comprimento e pesando 7 toneladas impactará no trânsito bauruense neste domingo (1), mobilizando equipes do Grupo de Orientação ao Trânsito (GOT) da Emdurb na região Centro-Sul da cidade.

Estão previstas interdições na quadra 13 da rua Rio Branco e quadra 7 da rua Manoel Bento Cruz (prédio do Hospital Beneficência Portuguesa), por volta da 8h, e na quadra 7 da avenida Comendador José da Silva Martha, destino do equipamento, a partir do meio-dia. Durante o percurso de aproximadamente 2 quilômetros de distância, batedores do GOT farão acompanhamento e orientações aos motoristas, com intervenções nos cruzamentos.

As ações são necessárias devido à complexidade do transporte, dado tamanho e peso da câmara hiperbárica, que possui design idêntico ao de um submarino.

De acordo com a gerente administrativo da Oximarimed, clínica hiperbárica há 15 anos em Bauru e que está em processo de mudança de endereço, Daniela Passerotti, o domingo foi escolhido para causar o mínimo de transtorno à população que precisa trafegar naquela região.

“As manobras necessárias para embarque e desembarque da câmara hiperbárica, bem como a velocidade com que é feita o transporte, poderiam trazer transtornos a muitos motoristas durante a semana, devido ao alto fluxo de veículos. Sendo assim, nossa equipe optou por concentrar toda a logística para a manhã e início de tarde de domingo, véspera de feriado”, conclui.

Câmara Hiperbárica

A Câmara Hiperbárica é um equipamento utilizado para receber pacientes em tratamento pela Oxigenoterapia hiperbárica, modalidade terapêutica na qual o paciente respira oxigênio puro (100%), enquanto é submetido a uma pressão de 2 a 3 vezes a pressão atmosférica ao nível do mar.

Tal modalidade terapêutica provoca um considerável aumento na quantidade de oxigênio transportado pelo sangue, na ordem de 20 vezes o volume que circula em indivíduos que estão respirando ar ao nível do mar.