SP recebe R$ 1,8 bilhão em doações para o combate à pandemia de Covid-19

  • Lucca Willians

Em 2ª reunião virtual dos comitês solidário e econômico, governo formaliza doações para a educação, saúde e proteção social

O Governador João Doria anunciou nesta quarta-feira (02), durante 2ª reunião virtual dos comitês solidário e econômico, a arrecadação de R$ 1,8 bilhão em recursos, produtos e serviços junto à iniciativa privada, sem qualquer contrapartida, para investimentos na educação, saúde e proteção social em programas do Governo de SP. Todas as doações foram auditadas pela PWC.

A reunião do Comitê Empresarial Solidário teve participação do Governador para a definição dos valores. A comissão foi constituída logo no início da crise do coronavírus para organizar as doações de entes privados e sociedade civil. São aceitas doações em dinheiro, serviços e materiais, de acordo com critérios estabelecidos pela Secretaria de Estado de Saúde. Todos os recursos e serviços doados são aplicados integralmente em estratégias de contenção da pandemia.

Como doar

O Governo de São Paulo tem uma comissão responsável por organizar doações de entes privados e sociedade civil durante a crise do coronavírus. São aceitas doações em dinheiro, serviços e materiais de acordo com critérios estabelecidos pela Secretaria de Estado de Saúde.

O Estado elaborou uma cartilha para orientar doadores a contribuir sem a incidência de impostos. As doações em dinheiro são concentradas no Fundo Social de São Paulo. Todas as informações estão disponíveis no site https://www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus/doacoes/. Os contatos podem ser feitos pelo WhatsApp (11) 98882-1341 ou pelo e-mail doacaodebens@sp.gov.br.