Servidor do DAE sofre agressão ao fazer abastecimento nesta quarta-feira (25)

  • Lucca Willians

O Departamento de Água e Esgoto de Bauru (DAE), informou nesta quarta-feira (25), o desentendimento entre um morador e um servidor do DAE durante o abastecimento com caminhão-pipa em um imóvel na região central do município. O início da discussão teve início quando o morador solicitou que outro imóvel de sua propriedade fosse atendido, apesar de estar localizado em outro endereço.

Em nota à imprensa, o DAE esclareceu que o procedimento de abastecimento com o caminhão-pipa é realizado para o imóvel que o solicita e/ou vizinhos, na mesma quadra. A negativa levou o morador a se alterar e iniciar agressões verbais e físicas contra o servidor no local.

Lotado na seção de construção civil, o servidor foi remanejado para agilizar o atendimento dos pedidos de caminhão-pipa e registrou boletim de ocorrência sobre o caso. Horas após o ocorrido, o morador entrou em contato com o Departamento e desculpou-se pela sua conduta.

A autarquia declarou que repudia a falta de respeito e civilidade durante o trabalho prestado e reitera que em diversas frentes, tanto para curto quanto para longo prazo, o DAE e seus servidores trabalham para enfrentar os reflexos da estiagem no abastecimento dos bairros atendidos pelo sistema ETA/Batalha.