Sem dificuldades, Praia Clube bate Sesi Vôlei Bauru e mantém tabu

  • Luiz Lanzoni

Foto: Marcelo Ferrazoli/SESI SP;

O Sesi Vôlei Bauru foi derrotado na noite desta terça-feira no ginásio Panela de Pressão. O time, que voltou a ser comandado pelo técnico Rubinho, após este se recuperar da Covid19, foi derrotado pelo Praia Clube por 3 sets a 0, parciais de 25/17, 25/18 e 25/23.

O grande destaque da partida foi o sistema defensivo da equipe mineira, que anulou sem maiores dificuldades o ataque bauruense. Além disso, a ponteira holandesa Anne Bujis, que nas últimas partidas vinha sofrendo críticas por conta de instabilidades no seu jogo, fez sua melhor partida na competição, sendo pouco exigida no passe, e muito efetiva no ataque, terminando o duelo com 11 pontos.

Com o resultado, o Praia Clube fechou o primeiro turno da competição com 8 vitórias em 11 jogos, somando ao total  25 pontos, e garantindo assim vaga no G4. Já o Sesi Vôlei Bauru, enfrentará ainda o Sesc Flamengo, e além de precisar da vitória, terá de contar com um tropeço da equipe carioca frente ao Fluminense para terminar o primeiro turno no G4. 

Abre Aspas

?Nosso sistema defensivo funcionou muito bem. Fomos muito felizes também no saque, nosso bloqueio apesar de não pontuar muito, acabou amortecendo muitas bolas nos proporcionando muitos contra-ataques. Foi uma partida que o nosso equilíbrio fez a diferença?, analisou Paulo Coco, técnico do Praia Clube.

?Faltou linearidade pro nosso jogo. Começamos bem no primeiro, mas tivemos uma abertura de placar na segunda fase do set, tendo um grande números de erros, e isso acabou mexendo com a parte emocional do nosso jogo?, destacou Rubinho, técnico da equipe bauruense.

Goteiras

A partida precisou sofrer uma paralisação no início do segundo set. Mais uma vez, o problema crônico do teto da Panela de Pressão deu as caras, e com goteiras na quadra de jogo, a partida foi interrompida por cerca de dez minutos.