Secretaria de Saúde procura voluntários para pesquisa de medicamento para a Covid-19

  • Lucca Willians

A ação denominada #500VoluntáriosJÁ, segue realizando um estudo clínico de análise da eficácia do medicamento Nitazoxanida, a popular ‘Anitta’, contra a Covid-19, iniciado no dia 07 de julho. Nesse período 1950 pessoas passaram pela UBS Geisel, que é referenciada para atendimento ao Covid, 53 atenderam aos critérios da pesquisa e destas 14 tiveram exames positivos, permanecendo no estudo, usando o medicamento, por atenderam ao protocolo do Ministério.

De acordo com o Ministério da Ciência, Tenologia e Inovações, o objetivo do Estudo é buscar a participação de pelo menos 500 voluntários no Brasil com a participação das cidades de São Caetano, Barueri, Guarulhos, Sorocaba e Bauru, Juiz de Fora, em Minas Gerais e Ceilândia, no Distrito Federal.

O diretor da Divisão de Vigilância Epidemiológica de Secretaria de Saúde, Ezequiel Santos, coordenador da Pesquisa em Bauru, solicita às pessoas que estejam com sintomas da Covid, do primeiro ao terceiro dia e que não estejam usando nenhuma medicação para combater o vírus, que procure a carreta do Ministro Marcos Pontes e participe do estudo, usando o medicamento Nitazoxanida, a popular ‘Anitta’. “É importante que a população participe do estudo para que possamos testar uma medicação que poderá ser eficaz para, pelo menos diminuir a gravidade da doença, reduzir internação e óbito”, enfatizou Ezequiel.

Em Bauru, o estudo está sendo realizado na Carreta do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações ao lado da Unidade Básica de Saúde do Núcleo Geisel. A pesquisa é direcionada às pessoas com início de síndrome gripal (do 1º ao 3º dia). A triagem e a coleta das amostras são realizadas de segunda a quarta-feira, das 08h00 às 16h00. Os pacientes que testarem positivo para Covid-19 e atenderem ao protocolo do Ministério, começam a usar o medicamento Nitazoxanida.