Secretaria de Saúde padroniza ações de fiscalização com a Polícia Militar e Conselho Tutelar para coibir aglomerações

  • Lucca Willians

Representantes da Secretaria de Saúde, Polícia Militar e Conselho Tutelar se reuniram nesta segunda-feira (21) com o objetivo de padronizar as ações de fiscalização neste período de quarentena, visando evitar possível contaminação ou propagação do coronavírus.

De acordo com o Diretor do Departamento de Saúde Coletiva, Dr Luiz Roberto Cortez, trata-se de um trabalho em conjunto, mais ostensivo, com um protocolo de ações que vise maior eficácia das fiscalizações com o intuito de coibir situações de aglomeração de uma forma geral, incluindo festas clandestinas, com a agravante da presença de menores de idade.

De acordo com balanço da primeira quinzena do mês de setembro, foram realizadas 228 fiscalizações, sendo 148 atendendo denúncias recebidas e 80 ações de rotina. Foram 119 estabelecimentos orientados, sendo que 09 deles foram autuados por motivos diversos, como aglomeração de pessoas, frequentadores sem máscara, não aferir temperatura e não disponibilizar EPIs para funcionários.