Proposta busca reservar postos de trabalho a mulheres vítimas de violência

  • Lucca Willians

Audiência Pública convocada pelo vereador Coronel Meira (PSL) para esta quarta-feira (02), a partir das 15h, tem como objetivo discutir o Projeto de Lei que busca instituir reserva de vagas de emprego para mulheres vítimas de violência doméstica e familiar.

A proposta é de autoria do parlamentar e da também vereadora Yasmim Nascimento (PSDB) e abrange as empresas beneficiadas por incentivos fiscais ou áreas municipais, em regime de concessão.

A ideia é que 5% dos postos de trabalho sejam ocupados por mulheres que tenham sofrido esse tipo de violência.

A Exposição de Motivos menciona o objetivo de promover autonomia e a independência financeira, visando a ruptura de laços com agressores.

O objetivo da audiência é expandir o debate público acerca do tema. Para isso, foram convocadas as Secretarias Municipais do Bem-Estar Social (Sebes), de Saúde, de Desenvolvimento Econômico Turismo e Renda (Sedecon), de Planejamento (Seplan) e de Negócios Jurídicos (SNJ).

Foram convidados o prefeito Clodoaldo Gazzetta e representantes da Defensoria Pública do Estado de São Paulo; da Associação Comercial e Industrial de Bauru (ACIB), do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp-Bauru), da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), da Polícia Militar, da Delegacia da Mulher de Bauru e da Coordenadora do Anexo de Violência Doméstica e Familiar do Poder Judiciário de Bauru.

Para evitar aglomerações no Plenário da Casa, os participantes darão suas contribuições por videoconferência.

Participação

Os cidadãos poderão enviar comentários, sugestões e dúvidas pelo canal de WhatsApp do Legislativo: (14) 98119-5511.

As contribuições são lidas e discutidas ao vivo. É necessária a identificação com nome completo, instituição que representa ou o bairro onde mora.