Prefeitura realiza ação ampliada de diagnóstico para a Covid-19 neste sábado (25)

  • Lucca Willians

A Secretaria de Saúde está no estágio final dos preparativos para a 3ª Ação Ampliada para Diagnóstico da Covid-19 que acontece neste sábado (25), das 8 h às 17 h, no Recinto de Exposições Mello Moraes. Serão 300 servidores do município que trabalharão no evento, que prevê a realização de 2000 testes.

O Secretário de Saúde Dr. Sérgio Henrique Antonio ressalta que a ação é de extrema importância tanto a população, quanto aos dados epidemiológicos da cidade. “A testagem vem nos ajudar no isolamento do contaminado. Como houve uma flexibilização e o aumento significativo no número de casos, temos que tentar isolar aqueles que estão positivos”, explica.

Em relação a estrutura, já foram montadas as tendas de cobertura onde haverá a triagem, além da demarcação do solo de dois metros de distância para as pessoas da fila, inclusive na parte externa ao recinto. Também já foram distribuídas mesas, cadeiras, divisórias indicativas, totens de álcool em gel, lixeiras e bebedouros de água.

Houve a adaptação de energia elétrica e toda parte de limpeza e desinfecção dos ambientes. O evento também contará com banheiros químicos para deficientes, além dos sanitários do próprio recinto que serão destinados tanto a servidores como a população em geral. Banners, informativos e indicativos foram dispostos para orientação, além dos folhetos que serão distribuídos às pessoas durante a ação.

A Secretaria de Saúde reforça que a ação de testagem em massa segue todos os protocolos da Organização Mundial da Saúde, do Ministério da Saúde e normas de enfrentamento da Covid no Estado e no Município.

Testes

A 3ª ação deste sábado (25) será destinada tanto a pacientes sintomáticos como assintomáticos, e em duas modalidades: a pessoas a pé ou em veículos. Serão 1.000 testes para o “drive thru” e mais 1.000 para o “pé thru”. As senhas serão distribuídas até as 16h ou até o esgotamento, o que ocorrer primeiro.

Vale ressaltar que cada senha corresponde a uma pessoa, inclusive no sistema “drive thru”. Desta forma, será contabilizado o número de integrantes de cada veículo, e não o número de automóveis.

Interessados

Como os testes são destinados apenas aos moradores de Bauru, aos interessados em participar é necessário que levem documentos de identificação e comprovantes de endereço. Também é solicitado, pelo Fundo Social de Solidariedade, a doação voluntária de, pelo menos, um quilo de alimento não perecível (exceto açúcar e sal), que será trocado por máscara.

Quem for participar dos testes pelo sistema “drive thru” deverá chegar com seus veículos, contendo no máximo quatro pessoas, pela avenida Comendador José da Silva Martha. Já os pedestres que participarão dos testes deverão chegar ao Recinto Mello Moraes pela rua Nicolau Delgallo, que passa em frente ao setor de bilheterias. Dali seguirão em fila para dentro do Recinto onde passarão pela triagem e a posterior coleta das amostras.

Será obrigatório que os munícipes usem máscara durante todo o processo como medida de segurança a pacientes e funcionários, inclusive os que estarão dentro de seus veículos.

Durante a ação, a presidente do Fundo Social de Solidariedade de Bauru, a primeira dama Lázara Gazzetta, estará incentivando a troca solidária de máscara por 1kg de alimento não perecível, para ajudar as famílias neste momento de pandemia.

Aos interessados em participar dos testes é solicitada a doação voluntária de, pelo menos, um quilo de alimento não perecível (exceto açúcar e sal), que serão destinados ao Fundo Social de Solidariedade do Município.

Até o momento foram doadas pela prefeitura 33.820 máscaras e 33.526 cestas básicas para as famílias em condições de vulnerabilidade social.

As máscaras foram confeccionadas por alunas e voluntárias do projeto da Escola de Moda do Fundo Social de Solidariedade e também por 50 costureiras cadastradas por meio de chamamento público, após parceria da BILD com a Prefeitura por meio da SEDECON.

As profissionais receberam pagamento da Bild para confecção das máscaras, auxiliando essas profissionais neste momento de pandemia. A confecção das máscaras foi coordenada pela professora Marly Falseti que também é responsável pelos cursos da Escola da Moda.