Prefeitura e Polícia Militar unem forças para encerrar festas clandestinas em Bauru

  • Jamile Diniz

A Prefeitura Municipal e a Polícia Militar uniram forças para encerrar festas clandestinas em Bauru neste fim de semana. A medida é resultado da fiscalização de eventos que desrespeitam o novo decreto de enfrentamento à pandemia.

Entre sábado (23) e domingo (24), os fiscais da prefeitura vistoriaram 42 locais, entre denúncias e busca ativa. Destas, metade – 21 – foi realizada pelas equipes da Divisão de Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde, e a outra metade pelas equipes da Secretaria de Planejamento (Seplan). Com o apoio da Polícia Militar (PM), duas festas clandestinas foram encerradas.

Na Seplan, houve uma ação conjunta com a PM para fiscalização de vários estabelecimentos na região do Ferradura Mirim. Ainda com a PM, mas na atividade delegada, a Seplan conseguiu encerrar as duas festas clandestinas já citadas. A atividade delegada deve ser ampliada nos próximos dias.

Já a Saúde fiscalizou diversos bares, para que as regras determinadas fossem cumpridas, como o distanciamento entre mesas, e a proibição de permanência de clientes em pé, além do limite de horário para encerramento, que é até às 23h, no decreto da fase laranja do Plano São Paulo que terminou no último domingo (24).  A partir de segunda-feira (25), com o decreto da fase vermelha, aumentarão as restrições.

*Revisado por Alexandre Pittoli