Prefeitura aumenta vagas em abrigos para pessoas em situação de rua com a chegada de nova frente fria

  • Lucca Willians

A Prefeitura de Bauru, por meio da Secretaria do Bem-Estar Social (Sebes), está reforçando o atendimento as pessoas em situação de rua devido a nova queda da temperatura entre os dias 28 de julho e 1 de agosto.

As vagas para acolhimento dessa população foram aumentadas de 110 para 200 vagas, em serviços próprios do município e também após parceria firmada com a Diocese de Bauru, que cederá espaços em algumas igrejas católicas do município. A comunidade evangélica também se colocou a disposição para colaborar.

O Centro Pop atenderá normalmente durante o dia no atendimento a esse público, e a partir das 19h, funcionará como alojamento noturno para 40 pessoas encaminhadas pela abordagem social. O atendimento dessa população será feita pela equipe da Sebes. A pasta cita que as pessoas que possuem animais poderão ser acolhidas, poios o Centro Pop possui espaço para abrigar os animais.

As outras 50 vagas estão distribuídas nas igrejas católicas, que atenderão com equipe própria. “Serão mais locais extras, como reforço ao atendimento já ofertado nas três Casas de Passagens existentes: Albergue Noturno do Ceac, Esquadrão da Vida e Comunidade Bom Pastor. Ressaltamos que os animais que tiverem tutores também serão abrigados junto aos mesmos”, informa a secretária do Bem-Estar Social, Ana Cristina Sales Toledo. “No entanto, a Sebes destaca que não pode obrigar as pessoas em situação de rua a irem para os abrigos. O trabalho de abordagem é feito pelas equipes, que explicam sobre a importância do acolhimento, mas a decisão é do morador”, avisa.

A Sebes também disponibilizará mais cobertores, adquiridos com recursos financeiros para atendimento a população de rua. As buscas ativas serão realizadas pelas equipes das abordagens sociais da Casa do Garoto e da Sebes, que ficará de sobreaviso.

Equipes de abordagens nas ruas

As equipes da Abordagem Social trabalham durante a tarde e noite, abordando as pessoas em situação de rua e oferecendo ajuda como documentação, auxilio com os benefícios sociais, encaminhamentos à saúde em articulação com o Consultório de Rua, abrigo nas noites frias nas Casas de Passagem, entre outros.

Com a chegada da frente fria, as equipes já vem desenvolvendo trabalho de conscientização sobre a queda de temperatura que ocorrerá nesta semana, pedindo aos moradores procurem abrigo nessas noites frias com suas famílias ou nas Casas de Passagem. Informações sobre pessoas em situação de rua podem ser repassadas para as equipes da Abordagem Social da Casa do Garoto por meio do telefone 98208-0493.

Cobertores para população em vulnerabilidade

A Sebes destaca ainda que as famílias que moram em regiões de vulnerabilidade social e que necessitem de cobertores podem procurar o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) mais perto da sua residência. Os cobertores arrecadados pelo Fundo Social de Solidariedade são disponibilizados para as pessoas em situação de vulnerabilidade.