Ministério da Saúde corta o financiamento de leitos na região de Bauru

  • Lucca Willians

(Foto: Reprodução/HRAC)

O governo do estado de São Paulo anunciou, na coletiva de imprensa desta sexta-feira (05), que o Ministério da Saúde desabilitou 3.258 leitos de UTI para tratamento de Covid-19 em todo o território paulista. Apesar do agravamento da pandemia, o governo federal cortou o financiamento dos milhares de leitos exclusivos para o tratamento da doença no estado.

Na região de Bauru, são 131 leitos de UTI adultos ativos neste momento. Até este domingo (31), 56 destes eram custeados pelo Ministério da Saúde. A partir desta segunda (01), com o corte anunciado pelo governo federal, todos os leitos passam a ser de responsabilidade dos Estados e municípios. No caso de Bauru, todos são de administrados pelo governo estadual.

O prejuízo mensal para o governo de São Paulo é estimado em R$ 210 milhões.