Levantamento aponta que 66% dos pequenos varejistas não conhecem a Semana do Brasil e 96% diz não ter participado em 2019

  • Lucca Willians

A “Semana do Brasil” é uma das datas comerciais mais importantes do Brasil e muitos varejistas apostam na edição deste ano para recuperar os prejuízos causados pela pandemia da Covid-19. No entanto, de acordo com um levantamento da plataforma de e-commerce, Loja Integrada, realizado em agosto deste ano,  66% dos varejistas dizem não conhecer o evento e apenas 20% diz estar se preparando para a data.

Das 570 respostas obtidas pela pesquisa, 96% afirmam que não participaram da edição passada e ainda assim mais de um quinto dos respondentes (21,7%) acreditam que o evento apresenta maior potencial de vendas em 2020 do que a própria Black Friday. Em relação à Black Friday, o cenário muda. Cerca de 72% dos entrevistados estão com expectativas positivas para o evento e 78% acha que vai vender mais que a Semana do Brasil. Entre março e maio, o volume negociado pelos lojistas da Loja Integrada chegou a R$ 415 milhões, um salto de 64% na comparação com os três meses anteriores (dezembro a fevereiro), um período que inclui o Natal. Na última Black Friday, em 2019, foram movimentados R$ 11,6 milhões. 

A Loja Integrada é uma plataforma gratuita que oferece recursos para a criação de lojas virtuais de maneira prática e intuitiva e já tem mais de 1,4 milhão de lojas criadas, com opções de temas e layouts, além de parcerias com meios de pagamentos e envios. Além da plataforma, a empresa disponibiliza materiais educativos para dar acesso a novos lojistas no mercado de e-commerce e dar suporte para que eles consigam ter sucesso nas vendas.  

Segundo Pedro Henrique Freitas, CEO da Loja Integrada, as datas vão aquecer o mercado. “Os dois eventos serão sem precedentes em 2020 para os varejistas, visto que o volume de vendas ao longo deste ano superou a própria Black Friday 2019 - que para muitos, é o maior período de vendas do ano -”, explica.