Leitos de UTI do HC estarão disponíveis na segunda quinzena deste mês

  • Jamile Diniz

A abertura de dez leitos de UTI no Hospital das Clínicas (HC) de Bauru deve ocorrer apenas na segunda quinzena de abril, segundo estimativas da prefeitura municipal. Os leitos são de extrema importância para ampliar a retaguarda de internações em meio à elevada demanda de pacientes graves com Covid-19.

De acordo com a Prefeitura de Bauru, negociações entre o Governo do Estado e da Famesp ainda estão em curso para viabilizar a instalação dos leitos. Ainda assim, na próxima quinta-feira (15) chega ao fim o prazo estipulado pela 1ª Vara da Fazenda Pública de Bauru para que os três entes efetivem os leitos no HC.

A Secretaria de Estado da Saúde, por sua vez, explica que certas tratativas – inclusive de custeio – ainda estão acontecendo, embora o Executivo esteja trabalhando para que estes leitos sejam abertos o quanto antes.

Nesta quinta-feira (08), a Famesp informou estar recrutando enfermeiros, fisioterapeutas e técnicos de enfermagem que tenham experiência em UTI para trabalharem no HC por meio de contratos emergenciais.

Até o momento, o que se sabe ao certo é que os dez respiradores necessários serão cedidos pela prefeitura, bem como a possibilidade do pagamento da diária de cada leito, que deve custar em torno de R$2,2 mil.

Atualmente, o HC atua com 40 leitos de enfermaria, entretanto, há urgência para que leitos públicos de terapia intensiva sejam implantados, visto que a UTI Covido do Hospital Estadual (HE) tem atuado com 100% – ou mais – da capacidade limite.

Revisado por Alexandre Pittoli