Governo do Estado prepara sede do programa SP+Perto em Bauru

  • Lucca Willians

Estado acerta últimos detalhes do prédio que abrigará a primeira unidade do programa de modernização e desburocratização dos serviços públicos, no Centro-Oeste Paulista

O Governo do Estado de São Paulo, prevê inaugurar nos próximos meses o novo complexo que irá abrigar a unidade pioneira do programa estadual Canal Direto SP + Perto, na cidade de Bauru.

Apesar da pandemia do novo coronavírus, o Governo de SP deu continuidade às obras da primeira sede do programa, que integrará diversos órgãos do Governo do Estado, oferecendo “padrão Poupatempo” de qualidade e rapidez para os serviços públicos disponíveis às autoridades municipais, ao empreendedor, ao produtor e à população em geral.

A unidade está em seu sétimo mês de obras e atingiu 75% de conclusão das intervenções. O prédio encontra-se em fase de acabamento, pintura, término de instalação de vidros, forros e luminárias. A conclusão está prevista para dezembro de 2020. As adequações finais serão a instalação de divisórias, mobiliário, equipamentos e comunicação visual.

O programa visa aproximar os municípios paulistas do Executivo estadual, trazendo dinamismo às ações coordenadas com as prefeituras, munícipes, entidades sociais e empreendedores. Os investimentos no equipamento somam cerca de R$ 11 milhões para garantir maior eficiência no atendimento e nos serviços prestados. O Secretário Marco Vinholi, responsável pela pasta de Desenvolvimento Regional, acredita em uma economia próxima de R$ 90 milhões ao ano para os cofres públicos com a unificação de secretarias e serviços.

“É uma inovação fundamental no que tange à comunicação entre Estado e municípios. O programa SP+Perto possibilitará ações mais dinâmicas que implicarão em melhorias e mais agilidade na vida da população. É o Governo João Doria trabalhando para oferecer mais eficiência às prefeituras e cidadãos”, afirma o secretário Vinholi.

A unidade do SP+Perto de Bauru abrigará cerca de 240 servidores de 11 secretarias estaduais.