Com leitos de UTI lotados, Marília transfere pacientes para outras cidades

  • Jamile Diniz

A Prefeitura de Marília precisou transferir mais dois pacientes para hospitais de outras cidades na região em decorrência da falta de vagas de UTI no município. Em anúncio realizado neste domingo (21), o município afirma que oito pacientes já tiveram que ser realocados desde o início da pandemia por conta da falta de leitos.

As transferências foram de um idoso de 64 anos com Covid-19, levado a uma UTI em Paraguaçu Paulista, e uma mulher de 47 anos, realocada para uma UTI em Adamantina. Ambas as realocações foram aceitas pela Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde (Cross) no sábado (20).

Atualmente, Marília tem taxa de ocupação de 100% nas UTIs, com todos os leitos – tanto públicos quanto privados – ocupados na Santa Casa, Hospital das Clínicas e ABHU. A enfermaria, por sua vez, conta com 94,94% de ocupação.

Revisado por Alexandre Pittoli