Com 38 pontos de Polina Rahimova, Sesi Vôlei Bauru bate Sesc Flamengo e encerra primeiro turno da Superliga com vitória

  • Alex Silva

(foto: Nadine Oliver / Brasília Vôlei)

A oposta Polina Rahimova mostrou que veio mais uma vez para brigar pelo posto de maior pontuadora da Superliga Feminina de Vôlei. A jogadora azeri anotou 38 pontos (dois aces, dois bloqueios e 34 pontos de ataque) na partida diante do Sesc Flamengo, e levou o Sesi Vôlei Bauru à uma vitória suada no tie-break por 3 sets a 2, com parciais de 17x25, 25x22, 33x31, 24x26 e 15x13. 

Com a vitória, a equipe bauruense somou mais dois pontos na classificação e manteve provisoriamente a quarta colocação, fechando o primeiro turno da Superliga com 22 pontos. O Sesc Flamengo, somou um ponto com o resultado e chegou a 21 na quinta colocação, porém a equipe ainda tem um jogo a menos e pode encerrar a primeira metade da fase de classificação na quarta posição.

Como não poderia ser diferente, Polina Rahimova foi eleita a melhor jogadora em quadra pelo público e levou para casa mais um troféu Viva Vôlei, um reconhecimento pela grande atuação da atleta que agora lidera o ranking de maiores pontuadoras da Superliga com 178 pontos marcados. A central Mara foi a segunda maior pontuadora da equipe bauruense, marcando 12 pontos (cinco bloqueios e sete ataques). 

Pelo lado do Sesc Flamengo, a maior pontuadora foi a oposta Lorenne, que terminou a partida com 22 pontos (um bloqueio e 21 pontos de ataque). A jovem ponteira Ana Cristina também se destacou pela equipe carioca, marcando 18 pontos (um ace e 17 pontos de ataque). 

O destaque negativo da partida ficou por conta da lesão da ponteira Suelle. A jogadora do Sesi Vôlei Bauru machucou o tornozelo após uma disputa na rede com Lorenne no quarto set. A atleta será avaliada posteriormente pela comissão técnica da equipe bauruense.

Equipes vão se enfrentar na Copa Brasil

Com a vitória do Sesi Vôlei Bauru, as equipes já sabem que vão se encontrar novamente nas quartas de final da Copa Brasil de Vôlei, torneio mata-mata que reúne os oito primeiros colocados do primeiro turno da Superliga e que tem seus confrontos definidos pelo chaveamento olímpico, ou seja, 1º x 8º, 2º x 7º, 3º x 6º e 4º x 5º.

Isso porque a equipe bauruense está na quarta colocação da Superliga, já tendo cumprido todos os seus compromissos no primeiro turno no campeonato e nesse momento só poderia ser ultrapassado pelo próprio Sesc Flamengo que precisa vencer o seu compromisso diante do Fluminense para saltar da quinta para a quarta colocação.

Quem tiver a melhor campanha joga o confronto decisivo em casa.

Jogos na sexta feira

Tanto Sesi Vôlei Bauru quanto Sesc Flamengo já voltam à quadra na próxima sexta-feira, 08. O time bauruense recebe o Pinheiros às 16h30 no ginásio Panela de Pressão na cidade de Bauru, enquanto que a equipe do Sesc Flamengo encara o Fluminense no ginásio Hélio Maurício no Rio de Janeiro às 19h, em jogo atrasado da quinta rodada da competição.