Campanha arrecada ração para animais que não puderam ser levados ao Residencial Manacás

  • Lucca Willians

O Fundo Social de Solidariedade começa nesta terça-feira (27) uma campanha de arrecadação de ração para cães e gatos dos novos moradores do Residencial Manacás que não puderam levar seus animais. Alguns moradores possuem animais de pequeno porte, e conseguirão se mudar com os animais. Outros, no entanto, tem animais de grande porte ou um número elevado de animais, que não serão levados na mudança.

A Prefeitura de Bauru já realizou um mapeamento do número de animais que não serão levados, e a estimativa é de que cerca de 70 cães e gatos precisarão de um novo lar. A prefeitura fez reuniões com entidades e protetores independentes, que vão colaborar abrigando temporariamente parte dos animais. O vereador Júlio César também participou dos encontros. Além disso, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) terá ampliação e adequação na área destinada aos gatos, para que parte deles seja abrigada neste espaço.

Para garantir a alimentação dos animais junto às entidades e protetores, o Fundo Social de Solidariedade pede a contribuição espontânea da população e de empresas, com a doação de ração para cães e gatos. O Fundo Social, que fica na prefeitura, é um dos pontos de arrecadação, assim como a Secretaria de Meio Ambiente (Semma), na quadra 1 da avenida Alfredo Maia. Os dois pontos funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

O Fundo também vai promover a arrecadação junto a condomínios verticais e horizontais, para estimular a doação por parte dos moradores, e também junto a empresas. Os condomínios e empresas interessados em participar da campanha podem entrar em contato com o Fundo Social pelo telefone (14) 3235-1119, pelo telefone e WhatsApp (14) 99105-3428, ou pessoalmente na Praça das Cerejeiras, 1-59. Todas as doações, de qualquer marca de ração para cães e gatos, são aceitas na campanha de arrecadação.

Pontos de arrecadação

- Fundo Social de Solidariedade – Praça das Cerejeiras, 1-59

- Semma – Avenida Alfredo Maia, quadra 1