Bauru ultrapassa as 100 mortes pelo novo coronavírus e registra mais de 5 mil casos

  • Lucca Willians

(Foto: Reprodução | Agência Brasil)

A Prefeitura de Bauru, por meio do Departamento de Saúde Coletiva, informou a confirmação de mais nove óbitos pelo novo coronavírus no município, totalizando 102 vítimas fatais da COVID-19.

A primeira vítima é um homem de 74 anos, que apresentou início dos sintomas da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em 26 de julho. O paciente estava internado em um hospital público da cidade e tinha diabetes e hipertensão. O óbito ocorreu ontem e o resultado positivo para a COVID-19 foi divulgado no mesmo dia.

A segunda vítima é um homem de 64 anos, que apresentou início dos sintomas da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em 23 de junho e o resultado positivo para a COVID-19 foi divulgado no dia 30. O paciente estava internado em um hospital público da cidade e tinha diabetes. O óbito ocorreu no dia 09 de agosto.

A terceira vítima é um homem de 72 anos, que apresentou início dos sintomas da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em 29 de julho e o resultado positivo para a COVID-19 foi divulgado no dia 05 de agosto. O paciente estava internado em um hospital público da cidade e tinha cardiopatia. O óbito ocorreu no dia 09.

A quarta vítima é um homem de 93 anos, que apresentou início dos sintomas da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em 27 de julho e o resultado positivo para a COVID-19 foi divulgado no dia 03 de agosto. O paciente estava internado em um hospital privado da cidade e tinha doença renal crônica. O óbito ocorreu no dia 08.

A quinta vítima é um homem de 40 anos, que apresentou início dos sintomas da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em 15 de julho e o resultado positivo para a COVID-19 foi divulgado no dia 21. O paciente estava internado em um hospital público da cidade e não tinha comorbidades. O óbito ocorreu no dia 07 de agosto.

A sexta vítima é uma mulher de 82 anos, que apresentou início dos sintomas da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em 17 de julho e o resultado positivo para a COVID-19 foi divulgado no dia 23. A paciente estava internada em um hospital público da cidade e tinha diabetes e hipertensão. O óbito ocorreu no dia 07 de agosto.

A sétima vítima é uma mulher de 89 anos, que apresentou início dos sintomas da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em 29 de julho e o resultado positivo para a COVID-19 foi divulgado no dia 04 de agosto. A paciente estava internada em um hospital público da cidade e não tinha comorbidades. O óbito ocorreu no dia 09.

A oitava vítima é uma mulher de 66 anos, que apresentou início dos sintomas da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em 18 de julho e o resultado positivo para a COVID-19 foi divulgado no dia 27. A paciente estava internada em um hospital público da cidade e não tinha comorbidades. O óbito ocorreu no dia 06 de agosto.

A nona vítima é uma mulher de 66 anos, que apresentou início dos sintomas da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em 19 de julho e o resultado positivo para a COVID-19 foi divulgado no dia 23. A paciente estava internada em um hospital público da cidade e tinha diabetes e cardiopatia. O óbito ocorreu no dia 06 de agosto.

Todos os óbitos tiveram a investigação finalizada nesta terça-feira (11), pela Vigilância Epidemiológica.

Até o momento, a cidade contabiliza 5.082 casos confirmados da doença, sendo 102 óbitos.