Bauru recebe nova residência inclusiva para cidadãos em situação de vulnerabilidade

  • Lucca Willians

O Prefeito de Bauru, Clodoaldo Gazzetta, e o secretario de Bem-Estar Social, José Carlos Augusto Fernandes, participaram na tarde desta terça-feira (15), da inauguração da 1ª Residência Inclusiva mista (homens e mulheres) de Bauru. A cerimônia contou com a presença da Secretária de Desenvolvimento Social, Célia Parnes; da Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Célia Leão; e da presidente da Federação das APAE's no Estado, Cristiany de Castro.

Esta é a terceira unidade do serviço de acolhimento coordenado pela Apae Bauru e que terá capacidade para atender 10 pessoas com deficiência. A residência inclusiva é responsável por acolher jovens e adultos com deficiência e em situação de vulnerabilidade social, além de oferecer serviço de proteção social gratuito a pessoas que tiveram vínculos familiares rompidos, seja por morte dos responsáveis, falta de condições financeiras ou de cuidado básico para o dia a dia.

A Apae Bauru mantém também mais duas unidades de residência inclusiva feminina outra e masculina, localizadas em bairros residenciais, o que contribui na promoção da autonomia e independência das atividades diárias e participação social e comunitária. O novo espaço fica no bairro Jardim Estoril II e tem estrutura física adaptada, adequada e acolhedora para abrigar os moradores.

Participaram também da inauguração o coordenador geral da Apae Bauru, Roberto Fransceschetti Filho, e da presidente da entidade, Gisele Aparecida de Camargo Tavares.

Secretária de Desenvolvimento Social, Célia Parnes, visita o Projeto Acolhimento Imediato aos Moradores de Rua

Após a cerimônia de inauguração, a Secretária de Desenvolvimento Social, Célia Parnes, acompanhada pelo Prefeito Gazzetta, o secretário da Sebes, José Carlos Augusto Fernandes, e da primeira dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade do Município de Bauru (FUNSSBAURU), Lázara Gazzetta, foram até o Ginásio de Esportes Darcy Cesar Improta, no Núcleo Geisel, conhecer o trabalho realizado pelo Projeto Acolhimento Imediato aos Moradores de Rua.

O Acolhimento Imediato aos Moradores de Rua consiste em 30 alojamentos provisórios para população em situação de rua e seus animais domésticos. As pessoas em situação de rua tem à disposição chuveiro para banho, café da manhã e alimentação e água para seus animais. Cada pessoa que entra no Acolhimento recebe um kit de higiene pessoal com sabonete, escova e pasta de dente, toalha, shampoo, desodorante, entre outros.

O Projeto conta com parceria da Casa do Garoto, que está gerenciando o serviço e do Conselho Municipal de Proteção e Defesa Animal (Comupda), que conseguiu a doação de caminhas para os cães dos moradores de rua junto a empresas do município.