Bauru recebe ministro Marcos Pontes para lançamento de estudo clínico de medicamento para a Covid-19

  • Lucca Willians

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), astronauta Marcos Pontes, vem a Bauru na próxima segunda-feira (06) para lançar oficialmente a ação #500VoluntáriosJÁ, estudo clínico com o medicamento Nitazoxanida contra a Covid-19, realizado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações. O evento está previsto para as 10h, na Unidade Básica de Saúde do Núcleo Geisel, localizada na rua Anthero Donnini, S/N.

Bauru, terra natal do ministro, foi uma das cidades escolhidas para o desenvolvimento deste estudo, que já foi lançado em Juiz de Fora, Minas Gerais e nas cidades paulistas de São Caetano do Sul, Guarulhos, Barueri e Sorocaba. O estudo, aprovado pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep), precisa do envolvimento de 200 a 500 voluntários com síndrome gripal (febre, fadiga ou tosse), ou confirmação da Covid-19. Após o diagnóstico por meio do teste RT-PCR, de forma gratuita, o paciente recebe a nitazoxanida e será acompanhado por 8 dias pela equipe técnica, conforme protocolo.

Em Bauru, a ação #500VoluntáriosJÁ será desenvolvida apenas na UBS do Geisel e finalizada após adesão de 200 a 500 voluntários. Segundo o astronauta Marcos Pontes, será necessária a participação de voluntários que se comprometam a iniciar o estudo e retornarem para os exames finais após receber a medicação. "Queremos apresentar ao Brasil e ao mundo que este remédio identificado por pesquisadores brasileiros com recursos do governo federal é capaz de combater o vírus e salvar vidas", ressalta o ministro Pontes. Também participa do estudo as cidades de Guarulhos, Barueri e Sorocaba.

Medicamento

A nitazoxanida é um dos 5 medicamentos que foram identificados com potencial para combater a replicação do novo coronavírus, reduzindo em até 94% a carga viral em células infectadas "in vitro". O estudo utilizou inteligência artificial em testes com 2 mil fármacos pela CNPEM, organização social vinculada ao MCTI. As etapas anteriores da pesquisa científica possibilitaram a última fase do início do estudo clínico, agora com pacientes, que visa comprovar cientificamente a eficácia deste remédio no tratamento precoce da Covid-19.

Após a solenidade de lançamento do estudo, haverá coletiva de imprensa com a participação do Ministro Marcos Pontes, o prefeito Clodoaldo Gazzetta e o Secretário de Saúde, Sérgio Henrique Antonio.