Anderson Rodrigues deixa o comando do Sesi Vôlei Bauru

  • Alex Silva

Anderson Rodrigues não é mais técnico do Sesi Vôlei Bauru. A equipe divulgou um comunicado neste sábado (31), informando a saída de Anderson do cargo após as derrotas para Osasco no Campeonato Paulista e Super Vôlei.

Segundo a nota divulgada pelo projeto, a decisão foi tomada em comum acordo e Sesi Vôlei Bauru e o treinador entenderam que este é o momento para ambos iniciarem novos ciclos.

Anderson Rodrigues esteve no comando do Sesi Vôlei Bauru por duas temporadas e meia, e com ele no comando a equipe conquistou o título inédito do Campeonato Paulista em 2018. "Só temos a agradecer a todo trabalho do Anderson dedicado a nossa equipe. Foi com ele à frente que conquistamos nosso inédito título de campeão paulista, algo que ficará marcado para sempre na história da equipe", destaca o presidente da Associação Vôlei Bauru, Reinaldo Mandalitti.

De acordo com o Sesi-SP, Anderson Rodrigues seguirá no projeto em outra função que será divulgada posteriormente. "Passamos por vários momentos em nossa vida e agora começarei um novo ciclo, um novo desafio", afirma Anderson que faz questão de agradecer ao projeto. "Mas o que falar do SESI Vôlei Bauru? Só tenho muito mesmo a agradecer a diretoria, a comissão técnica, as atletas, patrocinadores e a todos os demais que batalham por esse time pela confiança, consideração e atenção durante esses mais de dois anos em que estive como técnico."

A equipe bauruense agora vai atrás de um técnico para a Superliga que começa na segunda semana de novembro. Segundo apuração da reportagem da Jovem Pan News Bauru, no momento três nomes estão na pauta; Marcos Kwiek treinador da seleção República Dominicana, Antônio Rizola que atualmente comanda a seleção colombiana e Ricardo Picinin que hoje treina o time masculino do Anápolis Vôlei, mas tem passagens por Minas Tênis Clube, Praia Clube, Mackenzie e seleção brasileira de base.