Alexey Borges quebra seu recorde de pontos e Bauru vence Mogi na estreia do NBB

  • Lucas Rocha

Foto: Antonio Penedo/Mogi Basquete;

O Zopone/Gocil Bauru Basket começou o NBB com o pé direito. Em partida realizada na noite desta sexta-feira no Ginásio Hugo Ramos, o Dragão derrotou Mogi por 90 a 85 e somou sua primeira vitória na competição, Alexey Borges foi o cestinha com 25 pontos, quebrando sua melhor marca na carreira, que havia sido 22 pontos na última temporada. O próximo jogo do time bauruense será na segunda-feira, às 18h30, contra o Brasília, mais uma vez em Mogi das Cruzes.

Bauru abre boa vantagem no início, mas Coleman brilha e Mogi equilibra o placar

Sem contar com Alex Garcia, o técnico Léo Figueiró mandou a quadra o quinteto inicial com Alexey Borges, Larry Taylor, Gui Deodato, Gabriel Jaú e Tyrone Curnell.
Gabriel Jaú encontrou vantagem no início da partida, jogando de 1x1 de costas pra cesta. Por outro lado, Coleman recebeu bons passes de Fúlvio e terminou a primeira metade do jogo com 17 pontos, a vantagem bauruense no intervalo era de sete pontos, 50 a 43.

Mogi vira o jogo no terceiro quarto, mas Tyrone e Gui Deodato recolocam Bauru na frente

O segundo tempo teve contornos dramáticos, Mogi chegou a virar o jogo em cesta convertida por Douglas Santos, mas nesse momento Tyrone Curnell, que vinha apagado, marcou nove pontos seguidos e somado ao bom rendimento de Gui Deodato, colaborou para Bauru recuperar o controle da partida. Na reta final, a linha do lance livre foi o segredo, Alexey, Dikembe e Tyrone converteram e deram números finais a partida, 90 a 85 para os bauruenses.

FICHA TÉCNICA

Mogi 85: Douglas Santos (7), Fúlvio (7 e 13 assistências), Cassiano (7), Coleman (26), Fabrício (3), Wesley Castro (15), Lessa (7) e Douglas Kurtz (13).

Técnico: Jorge Guerra

Bauru Basket 90: Tyrone (17), Gui Deodato (17), Alexei Patrício (6), Larry Taylor (5), Alexey Borges (25 pontos e 9 assistências), Dikembe (7) e Gabriel Jaú (13 pontos e 10 rebotes)

Técnico: Léo Figueiró.

Arbitragem:
Cristiano Jesus Maranho
Cauan Santos
Eduardo Albano