Adolescente é morto a facadas no Núcleo Octávio Rasi

  • Jamile Diniz

Nesta terça-feira (06), um homem de 27 anos confessou ter matado a facadas um rapaz de 17 anos em Bauru. O suspeito se entregou à Polícia Civil acompanhado de um advogado e alegou legítima defesa.

O incidente ocorreu no último domingo (04), quando o adolescente Patrick Brito Ribas foi atingido por facadas no ombro e tórax. O crime aconteceu na Rua Manoel Lopes Neves, no Núcleo Octávio Rasi, onde, de acordo com testemunhas, a vítima jogava futebol com amigos, quando o autor do homicídio quase atropelou os jovens.

O condutor, então, teria saído do veículo, discutido com os adolescentes e, com uma faca, deferido golpes contra Patrick, que chegou a ser encaminhado ao Pronto-Socorro Central, mas não resistiu aos ferimentos.

A polícia afirma que o autor das facadas é Uelinton Luiz da Silva, que teria alegado legítima defesa. De acordo com ele, uma briga teria acontecido entre seu irmão, a ex-esposa e o atual marido e, por essa razão, Uelinton teria ido até o local. Ao chegar no Núcleo Octávio Rasi, porém, vizinhos teria ingressado na confusão e ele teria sido agredido.

Em seu depoimento, Uelinton afirma que pegou a faca para se proteger e que acabou golpeando o adolescente. Em seguida, teria fugido e descartado a arma do crime. O delegado responsável, Gláucio Eduardo Stocco, afirma que o suspeito está preso preventivamente na Cadeia de Avaí e que as testemunhas devem ser ouvidas ainda nesta semana pela Central de Polícia Judiciária (CPJ). Patrick Brito Ribas completaria 18 anos neste dia 11.

Revisado por Alexandre Pittoli