População poderá acionar Polícia e Bombeiros através de aplicativos criados pelo governo de SP