Presidente do Sinserm defende greve, chama prefeita de "mimada" e critica militarização da Emdurb