Dr. Jairinho, acusado da morte de Henry Borel, volta a alegar inocência