Projeto de lei prevê cassação do alvará de empresas que vendem ou compram produtos furtados