Em nota, TSE afirma que prazos para alterações foram excedidos e eleições seguirão a Constituição